domingo, 15 de janeiro de 2012

Domando a Fera









Muitos conhecidos que vem aqui, geralmente tem uma ipulsividade grande e com isso acabam botando a perder muitas coisas, eu antes de conseguir ter um controle também coloquei muito em risco, não só a mim como outras pessoas, foi aí que ví que para sobreviver nesse mundo eu teria de me adaptar a qualquer situação, e controlar qualquer impulso.

Antes de ter o controle, eu sentia muita raiva, além de bastante intolerante... essa situação mudou depois que ví que iria acabar sozinho, não que me importe com a solidão, mas o convivio faz parte de uma boa sobrevivencia. Comecei a trabalhar em cima de minha raiva, e condicionando para momentos onde acho que vou perder o controle, e desde então minha vida melhorou significativamente, ja estou um bom tempo em um relacionamento, ja tenho um grupo fixo de "amigos" além de todas as outras obrigações sociais que uma pessoa normal teria, e para isso eu criei algumas regras para conseguir me adaptar melhor as situações do dia a dia, vou listar 5 importantes.


1 - Deixe as pessoas falarem, mesmo quando estão falando de algo que você não gosta. (não precisa dizer nada, é só inclinar as sombracelhar e balançar a cabeça de vez enquando)
2 - Não mostre para ninguem que você é mais inteligente que a pessoa. (isso é humilhante para alguns e definitivamente pessoas não gostam de espertalhões)
3 - Momentos de Caos, apenas se afaste calmamente como nada tivesse acontecendo. (quando não estamos conseguindo nos suportar, é inviável suportar os outros)
4 - Só fale mesmo quando necessário, isso fará de você a pessoa mais legal do mundo (por incrivel que pareça, ja ouvi que sou um cara gente boa, simplismente porque "ouvi" e dei um "apoio")[
5 - Jamais compre briga de ninguem. (Por dois motivos, 1º a briga não é sua, 2º não vai ter nem uma vantagem pra você, e pode criar rolo para o seu lado)
6 - Nunca fale sobre ideologia, Moral, Religião, Política. (as pessoas ficam descontroladas com esses assuntos)
7 - Falar sempre com voz baixa e suave. (isso ajuda a tranquilizar todos, e até passa um sentimento de segurança para outras pessoas)
8 - Nunca grite. (não tem jeito, quem  começa a gritar acaba consumido pelo ódio e grita mais e mais até não sobrar nada)
9 - Tenha alguma atividade escapista (isso é simples, qualquer coisa que silencie os murmúrios na mente, podendo ser: leitura, filme, seriado, video game entre outros)
10 - sempre que possivel pratique, e eleve em situações extremas (esse é complicado escrever, mas vou exemplificar, eu para ajudar no controle da raiva, participo sempre de atividades chamadas "puzzle" ou no bom português "quebra cabeça" faço isso com muitas pessoas, e quando as coisas não estão dando certo todo mundo se zanga e você deve tentar manter o controle, é sempre dificil)



Algumas pessoas podem achar isso falsidade, porém é apenas uma questão de sobrivivência.
Essa é a minha natureza.

4 comentários:

  1. A primeira quase que parece saída do "American Psycho" - ah fala idiota enquanto eu balanço a cabeça e franzo o meu sobrolho altivo - ah ah ah desculpa o humor negro!
    Eu já coloco muitas dessas "regras" em pratica, são de facto um guia de sobrevivência mas a verdade é que se não tomasse medicação mais tarde ou mais cedo acabava - e volta meia ainda acabo - por perder o controlo mas não com a mesma agressividade que era antes.
    Essa deve ser a minha natureza... há pessoas e coisas que me irritam e mais tarde ou mais cedo tudo me irrita demais.

    ResponderExcluir
  2. Uma vez e sempre. Talvez sempre tenha existido a vez, mesmo antes da 1ª. Se cortavas o escuro e jorravam palavras, qual o mal? E vc ñ precisa ser mais ninguém. A prisão liberta, quando reconhecida. Volte a escrever.

    ResponderExcluir
  3. verdade, gostei do ritual, alguns itens eu aprendi levando porrada da vida, agora, estou em tratamento... me visite: Coveiro bipolar - www.coveirobipolarmoribundo.blogspot.com

    abraço!

    ResponderExcluir